terça-feira, maio 20, 2008

A esquadrilha contra-ataca




A melhor coisa de reencontrar gente que a gente conhece há sete, oito, dez anos é perceber que, embora a vida tenha mudado, com filhos e casas pra cuidar e novas responsabilidades que a vida insiste em trazer, as pessoas continuam, em essência, as mesmas.

Mais ainda, é impossível não reacender o espírito jovem e descompromissado de outrora quando se revê pessoas que nos remetem ao tempo em que curtir a vida despreocupadamente traduzia a nossa maior preocupação.




9 comentários:

Paulo Bono disse...

cara, na verdade eu acho que essa é a segunda melhor coisa da vida.

grande abraço

Bianca Feijó disse...

Nossa, mesmo não fazendo parte dessa turma bate uma nostalgis...

Ei,mas vc não escolheu a capa do livro! :(

Beeeijos

PS: Reaparição exclusiva !

gigi disse...

blé.

o antiambiente disse...

esses amigos... com os meus, digo-te, criei um blog. sempre nos comunicamos por lá, entre trabalho/ estudo/ família(uma inacreditável enxurrada de filhas).
seu post me encheu de vontade de reencontrá-los ainda este semestre.

grande abraço.

Sunflower disse...

Então, eu meio que escutei Changes do Ozzy tocando no background.

BeijA

Tchellonious disse...

Lamento profundamente não estar - fisicamente - no reencontro da esquadra, mas o desânimo não me domina diante da promessa - e do fato - de futuras confraternizações.
Apraz-me lembrar que foi uma época aproveitada à risca, conforme os ditames flexíveis e loucos, típicos da idade manceba, sob o espírito zombeteiro e docemente irresponsável. Até a próxima decolagem, colegas de tripulação!!!

Anônimo disse...

Eu adoro o seu cabelo rsrsrsrs

Adri

http://drikaninha.zip.net/

SAMANTHA ABREU disse...

ai, que delícia, meu!
putzzzz

Poliana Paiva disse...

E eu tentei ir, sabia? Mas o celular da Alê tocava, tocava e não atendia...
Deixa pra próxima, né? Que seja em breve, ando saudosa desse povo.
Bjin,